jusbrasil.com.br
13 de Dezembro de 2018
2º Grau

Tribunal Regional Federal da 3ª Região TRF-3 - APELAÇÃO EM MANDADO DE SEGURANÇA - 280807 : AMS 8240 MS 2005.60.00.008240-2

MANDADO DE SEGURANÇA - CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA-VETERINÁRIA - EXAME DE SUFICIÊNCIA PROFISSIONAL - INSTITUIÇÃO POR RESOLUÇÃO - ILEGALIDADE.

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Processo
AMS 8240 MS 2005.60.00.008240-2
Publicação
DJU DATA:10/10/2007 PÁGINA: 422
Julgamento
18 de Abril de 2007
Relator
JUIZ NERY JUNIOR

Ementa

MANDADO DE SEGURANÇA - CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA-VETERINÁRIA - EXAME DE SUFICIÊNCIA PROFISSIONAL - INSTITUIÇÃO POR RESOLUÇÃO - ILEGALIDADE.

1. O artigo 5.º, XIII, da Constituição Federal dispõe que é livre o exercício profissional. Tal disposição, por ser de eficácia contida, pode ter seu conteúdo normativo limitado por lei.

2. A norma que a atual Carta Política se refere é lei em sentido estrito e a titularidade dessa restrição é exclusiva do legislador infraconstitucional.

3. A Resolução 691/01, do Conselho Federal de Medicina-Veterinária, ao exigir a aprovação no exame de suficiência profissional para a inscrição no Conselho Regional fere o princípio da legalidade.

4. Apelação não provida.

Acórdão

Vistos, relatados e discutidos estes autos, em que são partes os acima identificados, decide a Terceira Turma do Tribunal Regional Federal da 3.ª Região, por unanimidade, negar provimento à apelação, nos termos do relatório e do voto que integram o presente julgado.

Observações

INDEXAÇÃO: VIDE EMENTA